domingo, 31 de agosto de 2014

'Só me lembro da dor', diz homem flagrado sendo espancado na rua

Ele foi agredido no Centro de Sorocaba, com chutes na região do abdômen.

Envolvidos foram identificados e prestaram depoimento para polícia.

Jomar BelliniDo G1 Sorocaba e Jundiaí
Homem agredido no Centro de Sorocaba mostra hematomas (Foto: Jomar Bellini/G1)Homem agredido no Centro de Sorocaba mostra
hematomas (Foto: Jomar Bellini/G1)
O homem flagrado sendo agredido por três pessoas no Centro de Sorocaba (SP) prestou depoimento para a Polícia Civil nesta sexta-feira (29). A vítima foi filmada por um internauta sendo espancada por três pessoas à luz do dia, no meio de uma rua na região central da cidade. O vídeo foi registrado na terça-feira (26). (veja o vídeo acima)
Em entrevista ao G1, o homem contou como foi o momento da agressão. “Só me lembro da dor e de estar apanhando. Eu só pedia para eles pararem de me chutar”, disse enquanto aguardava ser levado ao Instituto Médico Legal (IML) para passar por um exame de corpo de delito na noite desta sexta-feira.
A vítima contou que era acompanhada por monitores da clínica de reabilitação para usuários de drogas, onde estava internado, para passar por uma perícia médica no INSS, quando simplesmente decidiu fugir. “Eu só pensei em sair dali. Não tinha nada planejado. Estava correndo em direção a casa da minha mãe, que mora no Centro”, relata. Quando tentou fugir, o homem foi capturado, espancado no meio da rua e levado de volta à clínica. No vídeo, é possível ver ele sendo agredido com chutes na região do abdômen e tórax.

Depoimentos
A vítima tem 34 anos e trabalhava como vigilante antes de ser afastado devido a problemas com depedência química. A família, que preferiu não dar entrevista, comentou no Distrito Policial (DP) que ele estava envolvido em problemas com traficantes e, por isto, decidiram interná-lo à força.
O vigilante agredido garante que não sofria maus-tratos no período em que estava internado. “A clínica não tem culpa no caso porque eu nunca sofri agressões lá dentro”, disse.
A Polícia Civil identificou e localizou parte dos envolvidos que aparecem no vídeo gravado por um internauta. Segundo o delegado José Ordele, a vítima foi encontrada em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas no bairro Brigadeiro Tobias. Ele estava com vários hematomas pelo corpo devido ao espancamento. O delegado afirma ainda que a clínica não possuía alvará para funcionamento.
Além da vítima, o dono da clínica também prestou depoimento para a polícia, confirmando que o homem é paciente do local há um mês e que também está apurando o que aconteceu. Ele informou aos policiais que os funcionários envolvidos na agressão já foram demitidos.
Ao G1, o dono da clínica disse que a atitude dos dois homens que agrediram o paciente é um “caso isolado” e que a clínica não apoia qualquer tipo de agressão por parte de seus funcionários. Sobre a questão da falta de alvará, o proprietário afirmou que o registro estava aguardando aprovação na prefeitura. “Foi um erro [começar a funcionar antes da liberação do alvará], mas só queria ajudar as pessoas”, comenta.
Agressão foi registrada por internauta no centro de Sorocaba (Foto: Reprodução)Agressão foi registrada por internauta no centro de
Sorocaba (Foto: Reprodução)
O motorista da clínica também foi ouvido pelos policiais nesta sexta-feira (29). Ele também afirmou que não é comum haver agressão por parte da equipe, mas que este paciente em específico estaria “dando muito trabalho” e, por isto, acabou sendo agredido.
Os dois ouvidos foram liberados após os depoimentos. O vigilante agredido foi encaminhado para o IML e, de lá, também seria liberado. Na segunda-feira (1º) os dois agressores devem se apresentar no 5º DP e prestar depoimento a polícia no período da tarde. De acordo com Ordele, a clínica será investigada pelo 2º DP, que deve ouvir os cerca de 30 internos. A polícia também vai notificar a prefeitura para verificar o registro do local e o definir o destino dos pacientes que continuam no local.
Apenas após a conclusão da investigação é que as acusações serão definidas. De acordo com o delegado, os dois homens flagrados agredidos podem responder por lesão corporal dolosa. O motorista do carro também pode responder por direção perigosa ao trafegar na contramão. Já o dono da clínica pode ter que responder uma ação civil pública na Justiça.
Entenda o caso
Um internauta flagrou um homem sendo agredido em plena luz do dia. As agressões ocorreram na tarde de terça-feira (26), na rua Ubaldino do Amaral, no centro de Sorocaba. “Ouvi uma gritaria na rua e fui ver o que era. Vi um homem correndo e outros três atrás dele", conta o internauta, que pediu para não ser identificado.
Quando a gravação começa, o homem de blusa branca já está no chão cercado por outros três, que se revezam para mantê-lo dominado. Uma pessoa de camiseta amarela grita pedindo ao companheiro uma corda para. Um dos envolvidos entra em um Voyage e arranca com o carro, enquanto o homem permanece no chão, imobilizado. Após alguns instantes, o carro volta. Quando os homens tentam dominar a vítima, ela se debate e recebe vários chutes e socos, até que é dominada e levada no carro.
Homem agredido em Sorocaba presta depoimento na polícia (Foto: Jomar Bellini/G1)Vítima de espancamento foi localizada pela polícia e prestou depoimento (Foto: Jomar Bellini/G1)

Morte no trânsito rende pena de até 92 anos de prisão

Folha de S.Paulo

O motorista Luciano Rosa Macedo, 36 anos, foi condenado a 92 anos de prisão pela morte de quatro pessoas e por ferimentos em outras duas na última terça-feira.
A condenação, em júri popular, é semelhante à de autores de chacina.
Macedo foi condenado por homicídio doloso (com intenção) em acidente de trânsito.
Para o Ministério Público, não há precedentes de tamanho rigor numa sentença no Judiciário paulista em casos de crimes de trânsito.

Em 5 anos, 17 maternidades fecham as portas no Estado

Folha de S.Paulo

Nos últimos cinco anos, ao menos 17 maternidades encerraram suas atividades no Estado de São Paulo, segundo levantamento feito por entidades que reúnem clínicas e hospitais particulares -o Sindhosp e a Fehoesp - a pedido da reportagem.
Na capital, o tradicional hospital Santa Catarina anunciou que, após 35 anos de funcionamento, fechará a maternidade em outubro.
Vagas do SUS também estão sendo fechadas.
Desde 2009, o país perdeu 4.086 leitos para gestantes, uma redução puxada pelos hospitais particulares conveniados ao SUS - nesses, a queda é de 36,5%.
Nos públicos, houve aumento de 0,4%.

Primeira viagem do novo sistema vira atração turística

Rafael Ribeiro

do Agora
Com apenas duas estações funcionando e ainda em fase de testes, o monotrilho da linha 15-prata virou atração turística na manhã de ontem, na zona leste, em sua abertura.
Um grande número de idosos e pais com os filhos foi até a Vila Prudente para andar pela primeira vez nesse tipo de transporte público.
Muita gente aproveitou a altura e as janelas amplas da composição para fotografar.
E o primeiro dos primeiros a entrar na nova estação, às 10h01, quando o acesso de passageiros foi permitido, foi o aposentado Roberto Fernandes Soares, 77 anos, de São Caetano do Sul (ABC).

Bairros distantes do centro têm serviços com qualidade de área nobre

Felipe Amorim

do Agora
De restaurantes a postos de saúde e espaços culturais, a periferia de São Paulo abriga serviços de excelente qualidade que dão razão à frase dita repetidas vezes pelos entrevistados para esta reportagem: "Só vai ao centro [da cidade] quem quer".
Apesar da conhecida desigualdade em relação ao centro expandido de São Paulo no número de cinemas, teatros, restaurantes e outros serviços, a ação de moradores e o aumento do poder aquisitivo fez crescer os bons exemplos da periferia.
O consultor do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) Marcelo Sinelli afirma que o aumento da renda da classe C e a difusão de informação sobre os produtos, com o maior uso da internet, criaram na periferia consumidores exigentes, o que permitiu ao empresariado melhorar o nível dos serviços.
"A concorrência é muito grande e o empresário precisa mostrar um diferencial", diz Sinelli.

Medidas preventivas podem evitar 90% dos acidentes com crianças

 Agência Brasil
Crianças brincando
Prevenção de acidentes deve começar cedo, alertam   especialistas    Valter  Campanato/Agência  Brasil
No Dia Nacional de Prevenção de Acidentes com Crianças e Adolescentes, celebrado hoje (30),  especialistas alertam que 90% desses casos que resultam em morte e internação poderiam ser evitados com atitudes simples. A Rede Primeira Infância e a organização não governamental (ONG) Criança Segura lançaram um relatório sobre prevenção de acidentes na primeira infância (até 9 anos), levando em conta dados de 2012 do Datasus.
Principal causa de morte com crianças a partir de 1 ano de idade no Brasil, os acidentes nessa faixa etária foram responsáveis por 3.142 mortes e mais de 75 mil hospitalizações de meninos e meninas, naquele ano. Os acidentes de trânsito, que incluem atropelamentos e atingem passageiros de veículos, motos e bicicletas, representaram 33% das mortes, seguidos de afogamento (23%) sufocamento (23%), queimaduras (7%) e quedas (6%). Os atendimentos em hospitais passam a contar a partir de 24 horas de internação, ou seja, não são típicos de prontos-socorros.
“Existem políticas públicas que podem ser estabelecidas para prevenção, uso de produtos mais seguros e treinamento em primeiros-socorros, por exemplo, mas é uma situação que só pode ser revertida por cada um, adequando os ambientes das casas, usando a cadeirinha, brincando em espaços seguros”, destaca a coordenadora nacional da ONG Criança Segura, Alessandra Françoia. “São atitudes simples, mas que precisam fazer parte do dia a dia.”
Para a médica Renata Dejtiar Waksman, do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), todos os atores sociais são responsáveis pelas crianças, e o trabalho de prevenção tem que começar já no consultório do obstetra, com a chamada prevenção primária.
“As pessoas subestimam a criança, acham que ela não consegue fazer as coisas, não consegue colocar o dedo na tomada, não consegue rolar da cama, acham que ela não é capaz disso. Falta conhecimento das características e habilidades das crianças, além da falta de supervisão e a distração dos cuidadores”, ressalta Renata.
Análises feitas com base no estudo mostram que alguns elementos estão ligados ao aumento da exposição das crianças aos riscos de acidentes. Entre eles, está a falta de informação, de infraestrutura adequada, de espaços de lazer, creches e escolas e de políticas públicas direcionadas à prevenção. Fatores como a pobreza, o fato de a mãe ser solteira e jovem e ter baixo nível de educação e as habitações precárias, além das famílias numerosas, também estão associados aos riscos de acidentes.

A pediatra Renata Waksman diz que é preciso encarar o problema como uma epidemia. “Acidentes podem ocorrer em todos os níveis sociais. Aquela criança que tem acesso direto à rua corre risco, mas a outra, que mora em um condomínio, pode ser atropelada na porta da garagem. Infelizmente, [o risco de acidente] está se tornando uma situação muito democrática”.
MPs fiscalizam escolas públicas do país para averiguar as instalações e o atendimento às crianças. Na foto, a Escola Municipal Professor Helena Lopes Abranches, em Gardênia Azul (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
ONG  Criança  Segura  tem  dicas para  reduzir  risco
de acidentes no dia a diaTânia Rêgo/Agência Brasil
O relatório mostra ainda que, a cada morte, mais quatro crianças ficam com sequelas permanentes, capazes de gerar consequências emocionais, sociais e financeiras na família e na sociedade. De acordo com o governo brasileiro, cerca de R$ 70 milhões são gastos na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) com o atendimento de crianças que sofreram acidentes.
“O queimado é um paciente caríssimo, por exemplo. Precisa de muito tempo de internação, várias cirurgias reparadoras e estéticas. Os custos social e econômico são muito grandes, sem contar o custo emocional para as famílias”, enfatiza a presidenta do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da SBP, Marislaine Lumena.
Para ela, os acidentes com crianças são um grave problema de saúde pública. “A criança é curiosa, não tem noção do perigo, ela explora os ambientes e se expõe ao risco. Além da mudança de comportamento e das medidas educativas e legislativas, é preciso mais fiscalização das leis”, recomenda. Marislaine cita como exemplo o álcool líquido e os andadores infantis, que tiveram a venda proibida, mas que, segundo ela, continuam sendo comercializados livremente.
Veja abaixo dicas de como diminuir os riscos no dia a dia:

Na Rua
- Ensine a criança a respeitar os sinais de trânsito, atravessar a rua na faixa de pedestres e olhando para os dois lados.
- Menores de 10 anos não devem atravessar a rua sozinhos. É importante segurar os pequenos pelo pulso.
- Entradas de garagens, quintais sem cerca ou estacionamentos não são seguros para brincadeiras.
No Trânsito

- Crianças com menos de 10 anos devem sentar no banco de trás do carro. Até os 7 anos, é importante usar cadeirinhas de segurança adequadas à idade e ao peso da criança. Sempre usar cinto de segurança.
- Não deixe a criança sozinha no carro, mesmo que o vidro esteja entreaberto.
- Ao contratar transporte escolar, busque referências e verifique a documentação do veículo e do motorista.
Nas Áreas de Lazer

- Escadas, sacadas e lajes não são lugares para brincar.
- No parquinho, verifique se os equipamentos são apropriados à idade da criança e fique atento a perigos como ferrugem, pregos expostos e superfícies instáveis.
- O piso deve absorver o impacto e ser de como grama, emborrachado ou areia.
- Ensine regras de comportamento, como não empurrar, nem se amontoar.
- Empinar pipa só em lugares abertos, longe de fios elétricos e trânsito.
- Ensine a criança a usar capacete quando estiver de bicicleta, skate ou patins.
- Conheça as plantas de sua casa e remova as venenosas.
Na Piscina

- As crianças devem sempre ser supervisionadas por um adulto quando estiverem próximas de água.
- Instale cercas de isolamento na piscina com, no mínimo, 1,5m de altura, cadeados e travas.
- Evite brinquedos e outros atrativos próximos a piscinas e reservatórios de água.
- Boias e outros equipamentos infláveis passam uma falsa sensação de segurança. O ideal é que a criança use sempre um colete salva-vidas em embarcações ou na prática de esportes aquáticos.
- Ensine a criança a não brincar de empurrar, dar “caldo” dentro d'água ou simular que está se afogando.
Em Casa
Quarto
- Crianças com menos de 6 anos não devem dormir em beliches. Se não houver escolha, coloque grades de proteção nas laterais.
- Nunca deixe um bebê sozinho em mesas, camas ou outros móveis, mesmo que seja por pouco tempo.
- As grades de proteção do berço devem estar fixas. O vão entre as grades não deve ter mais que 6 cm de distância.
- Remova do berço todos os brinquedos, travesseiros e objetos macios quando o bebê estiver dormindo.
- Certifique-se de que os brinquedos da criança são atóxicos e indicados à idade dela. Compre produtos com o selo do Inmetro.
- Inspecione os brinquedos regularmente em busca de danos.
- Brinquedos com correntes, tiras e cordas com mais de 15cm devem ser evitados.
- Fique atento ao recall de brinquedos com problemas ou defeitos.
- Deixe o chão livre de objetos pequenos como botões, bolas de gude, moedas e tachinhas.
Sala

- Instale grades ou redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos. As redes devem ter espaços de no máximo 6cm.
- Use portões de segurança no topo e na base das escadas e, caso sejam abertas, instale redes de proteção.
- As tomadas devem estar protegidas por tampas apropriadas, esparadrapo, fita isolante ou mesmo cobertas por móveis.
- Mantenha camas, armários e outros móveis longe das janelas e cortinas e verifique se estão estáveis.
- Cuidado com as quinas dos móveis.
Cozinha

- Corte os alimentos em pedaços bem pequenos na hora de alimentar a criança.
- Não deixe fósforos, isqueiros e outras fontes de energia ao alcance dos pequenos.
- Mantenha a criança longe da cozinha e do fogão, principalmente durante o preparo das refeições.
- Cozinhe nas bocas de trás do fogão e sempre com os cabos das panelas virados para trás.
- Evite carregar as crianças no colo enquanto mexe em panelas no fogão ou manipula líquidos quentes.
- Não use toalhas de mesa compridas.
Banheiro

- Cuidado com pisos escorregadios, coloque antiderrapante nos tapetes.
- Conserve a tampa do vaso sanitário fechada ou lacrada com dispositivo de segurança ou mantenha a porta do banheiro trancada.
- Nunca deixa a criança sozinha na banheira.
- Saiba quais produtos domésticos são tóxicos. Produtos comuns, como enxaguantes bucais, podem ser nocivos se a criança engolir em grande quantidade.
- Mantenha medicamentos trancados e nunca se refira a eles como 'doce'. Isto pode levar a criança a pensar que não é perigoso ou que é agradável de comer.
Área de Serviço

- Não deixe as crianças por perto quando estiver passando roupa, nem largue o ferro elétrico ligado sem vigilância.
- Mantenha cisternas, tonéis, poços e outros reservatórios domésticos trancados ou com proteção.
- Deixe os baldes com água no alto, longe do alcance das crianças, esvazie todos após o uso e guarde-os virados para baixo.
- Guarde todos os produtos de higiene e limpeza trancados, fora da vista e do alcance das crianças.
- Nunca deixe sacos plásticos ao alcance das crianças.
Fonte: Criança Segura Brasil

Após troca de tiros, PM prende 9 na zona sul de SP

Policiais militares e criminosos trocaram tiros no início da tarde deste sábado (30) durante uma abordagem a um...



Policiais militares e criminosos trocaram tiros no início da tarde deste sábado (30) durante uma abordagem a um carro roubado, na região da Avenida Jornalista Roberto Marinho, no Campo Belo, zona sul da capital paulista. Segundo a PM, nove bandidos foram presos na ação. Com o grupo, foram apreendidas diversas armas, entre as quais quatro fuzis, um rádio comunicador, um colete balístico e munições. Não houve feridos.
Os policiais do 12.º Batalhão da PM faziam patrulhamento de rotina pela Rua Bernardino de Campos, próxima à Avenida Roberto Marinho, quando identificaram um veículo Honda Civic roubado, por volta das 12h30. Segundo a polícia, na tentativa de abordagem, os policiais foram agredidos a tiros. Após perseguição, os bandidos foram detidos em uma comunidade da região, junto com outros criminosos. O caso foi registrado no 27.º Distrito Policial (Campo Belo).

RS: bebê é agredida em casa e tem braço quebrado

Uma menina de uma ano e oito meses teve o braço quebrado ao ser espancada na noite desta sexta-feira (29), no Rio...



Uma menina de uma ano e oito meses teve o braço quebrado ao ser espancada na noite desta sexta-feira (29), no Rio Grande do Sul. O crime ocorreu no bairro Divina Providência, na cidade gaúcha de Santa Maria, no norte do Estado. Pai e madrasta foram presos suspeitos da agressão.
Desde a quinta-feira os vizinhos vinham ouvindo gritos da menina. Mas foi só no início da noite de sexta-feira que ela foi socorrida. Uma conhecida avisou a mãe que o bebê estava sendo agredido pelo pai. A mulher, que havia se separado do marido há seis meses, toma conta dos outros dois filhos do casal. Em um acordo, o homem ficou com a mais nova.
Ao chegar à residência do ex-marido, a mãe da menina verificou os ferimentos e a levou ao pronto socorro da cidade. A menina foi encontrada com hematomas pelo corpo, no rosto e pescoço, e com o braço direito quebrado.
A polícia foi chamada e prendeu o pai, de 43 anos, e a madrasta, de 52, sob a suspeita de maus tratos. Conforme o Conselho Tutelar, a Justiça será acionada para determinar um paradeiro seguro para o bebê. Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, as identidades dos pais não foram divulgadas para preservar a menina.

Polícia troca tiros com suspeitos em operação com TRE-RJ

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) trocaram tiros com suspeitos na manhã deste sábado, 30, durante...



Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) trocaram tiros com suspeitos na manhã deste sábado, 30, durante uma ação da Polícia Militar no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, zona norte do Rio. A operação dava suporte aos fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), que atuam na região com o objetivo de vistoriar eventuais irregularidades em campanhas.
A incursão dos militares e dos fiscais eleitorais começou às 10h, com apoio do Comando de Operações Especiais (COE) e do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA). Logo no início, segundo a PM, os policiais do Bope depararam com homens armados na Rua Vinte e Oito de Setembro e houve breve troca de tiros. Um suspeito foi ferido e socorrido ao Hospital Carlos Chagas.
A polícia encontrou uma pistola Glock 380, um carregador de munição e drogas, que pertenciam ao homem que foi ferido na operação. O material foi apreendido e encaminhado à 39ª Delegacia de Polícia (Pavuna). A operação da PM e do TRE-RJ no Complexo do Chapadão deve se estender ao longo do dia.

Dilma: governar sem partidos é flertar com autoritarismo

Em um recado indireto a sua adversária Marina Silva (PSB), a presidente Dilma Rousseff criticou na tarde deste...



Em um recado indireto a sua adversária Marina Silva (PSB), a presidente Dilma Rousseff criticou na tarde deste sábado, 30, aqueles que pretendem governar prescindindo dos partidos políticos. Em ato de campanha em Jales (SP), com a presença do seu vice, Michel Temer, e do candidato do PMDB ao governo, Paulo Skaf, Dilma exaltou sua parceria com os peemedebistas, chamando a legenda de "partido da democracia", e disparou: "Numa democracia, quem não governa com partidos está flertando com o autoritarismo. No mundo, não há um único lugar que se governa sem partidos", disse.
Dilma afirmou que no evento no interior paulista estão presentes aqueles que acreditam que a Petrobras é uma grande empresa e que não querem reduzir o papel da estatal petrolífera. Segundo a presidente, a riqueza produzida pela companhia será o passaporte para o futuro e para a educação do País. "Nós somos aqueles que sabem que, sem apostar na educação, o nosso País não cresce", afirmou.
A presidente disse que, sem a ajuda do Parlamento, não teria sido aprovada a destinação dos recursos dos royalties do petróleo e a destinação de recursos do pré-sal para a saúde e educação. Numa referência aos adversários, ela disse que há quem quer "acabar" com a Petrobras.

Candidato a governador revela homossexualidade em propaganda

Aílton Lopes, postulante a chefe do Executivo do Ceará, assumiu homossexualidade e exibiu beijo gay em programa eleitoral



O candidato ao Governo do Ceará, Aílton Lopes (PSOL), revelou que é homossexual e mostrou beijo gay em propaganda eleitoral na televisão nesta sexta-feira, 29. A campanha, que foi ao ar no Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, exibiu dois casais do mesmo sexo se beijando. No vídeo, com duração de 1 minuto e 44 segundos, o candidato defendeu que assumir a luta pela diversidade sexual é um "ato político" em defesa dos direitos. 
"Eu sou gay e sei como foi difícil me aceitar, me assumir. Enfrentei o medo da rejeição, a desconfiança se eu era normal, o medo de ser alvo de piadas. Há quem esteja chocado com um beijo ou com qualquer troca de afeto entre pessoas do mesmo sexo. É impressionante como o amor tem causado mais choque do que a guerra, do que a violência e a desigualdade", diz o candidato no vídeo. 
No programa, Lopes caracterizou a sociedade brasileira como machista, racista e homofóbica, apresentando dados sobre a violência contra homossexuais. O candidato prometeu defender direitos dos gays, como a adoção de filhos, o casamento civil e a adoção de nome social.
De acordo com o último levantamento Datafolha, encomendado pelo jornal O POVO, de Fortaleza (CE), e divulgado em 14 de agosto, o candidato do PMDB, Eunício Oliveira, segue na liderança com 47% da preferência dos entrevistados. Camilo Santana (PT), aliado do governador Cid Gomes, vem na sequência com 19%. Eliana Novais (PSB) tem 7% e Ailton Lopes (PSOL), 4%. Os eleitores que afirmaram não votar em nenhum candidato totalizaram 10% e os indecisos representam 13%.

Alckmin afirma acreditar em 'virada' de Aécio

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, disse neste sábado que Aécio Neves pode...



O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, disse neste sábado que Aécio Neves pode "virar" a corrida presidencial e vencer as eleições. Discursando a um público de aproximadamente 2 mil pessoas, que se espremeram no salão do Clube Palestra, em São José do Rio Preto, Alckmin afirmou que as "grandes viradas" dos candidatos "ocorrem sempre na reta final da campanha".
Alckmin lembrou da campanha a governador de Mário Covas, que conseguiu reverter as intenções de voto e se reelegeu governador de São Paulo. "As grande viradas sempre acontecem só no final. Mário Covas, quando esteve aqui neste mesmo lugar, só passou para primeiro lugar a quatro dias do dia das eleições. Ele estava em último, passou os outros candidatos e ganhou a eleição com 2 milhões de votos'', comentou o governador.
O evento, que reuniu as principais lideranças do PSDB - o candidato a presidente Aécio Neves, o vice Aloysio Nunes, Alckmin e candidato a senador José Serra - ocorreu um dia depois da divulgação da pesquisa do Datafolha, que aponta a queda de cinco pontos de Aécio, colocando-o em terceiro lugar, atrás de Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), empatadas com 34%.
Alckmin passou a maior parte do seu discurso, de cerca de 20 minutos, falando das ações de seu governo para melhorar a qualidade de vida dos paulistas e pediu mais votos para Rodrigo Garcia - candidato a deputado federal que organizou o evento - do que para Aécio Neves.
Alckmin e Aécio poucas vezes se abraçaram sorrindo. Os dois, que chegaram juntos ao clube, saíram separados; Aécio primeiro, Alckmin em seguida.
O ex-governador José Serra chegou a atrasado ao evento e começou a discursar depois que Alckmin e Aécio já tinham se retirado. Muitas pessoas foram embora antes que seu discurso terminasse.

Eduardo Jorge critica 'recuo' em programa de Marina

São Paulo, 30/08/2014 - O candidato do PV à Presidência, Eduardo Jorge, divulgou nota na qual critica o que chamou...


São Paulo, 30/08/2014 - O candidato do PV à Presidência, Eduardo Jorge, divulgou nota na qual critica o que chamou de "recuo" no programa de governo da concorrente Marina Silva (PSB) no que se refere à causa LGBT. O PSB divulgou hoje errata a respeito do tema no plano de governo anunciado ontem, com uma nova versão mais genérica do que a original. Foi pelo PV que Marina disputou a Presidência da República em 2010.
Segue abaixo a íntegra da nota de Eduardo Jorge:
"ESTADO LAICO?
Divulgado ontem solenemente o Programa do PSB, registramos o avanço que havia em relação aos direitos das pessoas que querem ver respeitada sua livre orientação sexual. Durou pouco.
Bastou um influente pastor reclamar e ameaçar uma guerra santa e a campanha do PSB recuou em dois pontos essenciais: o reconhecimento do direito ao casamento para estas pessoas e na gravidade dos crimes de homofobia.
Outro aspecto pouco edificante, atribuir aos redatores do Programa algo que foi apresentado por um dos mais preparados quadros dirigentes do PSB, Maurício Rands.
Quanto à interrupção da gravidez, o PSB em nada muda a atual legislação que considera criminosas as milhares de mulheres que por algum motivo o fazem. O atendimento das exceções previstas na lei já é feito desde 1989. Mais uma vez, nada novo.
Fica nossa preocupação/constatação: será para valer mesmo a promessa do PSB de adotar uma política laica se por acaso conseguir vencer esta eleição presidencial?"

sábado, 30 de agosto de 2014

Câmara de Sorocaba anuncia a perda de mandato de vereador

Saulo do Afro Arts foi afastado depois de condenado pela Justiça Eleitoral.

Vereador teve direitos políticos cassados por uso de documentos falsos.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí
A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Sorocaba (SP) anunciou a perda do mandato do vereador Saulo da Silva, conhecido como Saulo da Afro Arts, na tarde desta sexta-feira (29).
O vereador foi condenado por uso de documentos falsos. Ele teve os direitos políticos cassados temporariamente pela Justiça Eleitoral. O presidente da Câmara, Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba I, informou que cumpriu a lei orgânica do legislativo municipal e que não cabe recurso.
O diretório do Partido Republicano Progressista (PRP) terá que indicar o substituto, já que o primeiro suplente também está com problemas com a justiça eleitoral. O advogado de Saulo informou que tomará as medidas judiciais para tentar reverter a situação.
Câmara de Sorocaba anuncia a perda de mandato de vereador (Foto: Reprodução/TV TEM)Câmara de Sorocaba anuncia a perda de mandato de vereador (Foto: Reprodução/TV TEM)