terça-feira, 9 de maio de 2017

1500 trabalhadores rurais sem terra realizam ato na BR-277 em homenagem a Antônio Tavares Pereira

Cerca de 1500 trabalhadores rurais sem terra realizam ato na BR-277, onde, há 17 anos o sem terra Antônio Tavares Pereira foi assassinado pela Polícia Militar do então governador Jaime Lerner. O ato também denuncia a onda de criminalização do Estado com os movimentos sociais.
A mobilização faz parte da Jornada pela Democracia, organizada por movimentos sociais, na ocasião da vinda do ex-presidente Lula a Curitiba nesta quarta-feira (10), para prestar depoimento no âmbito da operação Lava Jato. No local do massacre, um monumento criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer homenageia o trabalhador. (Fotos: Leandro Taques)

Nenhum comentário:

Postar um comentário