segunda-feira, 8 de maio de 2017

Globo censura placa da CUT contra reforma da previdência na final do campeonato mineiro

07 de maio de 2017 às 21h05

  
Globo censura placa
A ideia da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de publicizar a luta contra a reforma da previdência na final do Campeonato Mineiro, no domingo, entre Atlético e Cruzeiro, foi frustrada na tarde desta sexta-feira (5) pela “Rede Globo”, detentora oficial dos direitos de transmissão do torneio.
De acordo com a presidente da CUT de Minas, Beatriz Cerqueira, em publicação no Facebook, o acordo entre entidade e o Galo, mandante da partida, já estava selado, mas a TV, de última hora, negou autorização.
Em contato com a reportagem, Cerqueira confirmou que o acordo estava certo entre a CUT e uma empresa que faz a intermediação para os patrocínios dos jogos. “A emissora vetou argumentando ‘cunho político'”, disse.
Pelo Facebook, ela agradeceu o Atlético e criticou a postura da emissora. “Passando por aqui para agradecer ao Clube Atlético Mineiro pelo respeito ao nosso material e a nossa luta! Compraríamos uma placa de anúncio no Independência para o próximo jogo. O Clube, que tem o mando de campo, deu ok. Tudo certo! Mas a TV que vai transmitir o jogo não autorizou. “Mídia democrática”, hein!?”, escreveu.
O texto que seria exibido na peça publicitária dizia: “Morrer sem se aposentar: é isso a reforma da previdência. Diga não!”
A reportagem entrou em contato com as assessorias do Atlético e da Rede Globo, mas, até o momento, não houve resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário