quarta-feira, 10 de maio de 2017

Lula: “Depois de dois anos de massacre, eu esperava que mostrassem: a escritura [do triplex] tá aqui”; veja a íntegra do discurso

viomundo

10 de maio de 2017 às 19h30


Da Redação
Depois de cinco horas de depoimento diante do juiz Sergio Moro, em Curitiba, o ex-presidente Lula foi recebido por uma multidão que o esperou durante todo o dia numa praça da capital paranaense.
Em seu discurso relativamente breve, ele afirmou:
— que esperava que “depois de dois anos de massacre” os investigadores apresentassem provas concretas, como a escritura do triplex atribuído a ele em Guarujá. “Eu quero ser julgado por provas”, acrescentou.
— que os promotores perguntaram se ele conhecia esta ou aquela pessoa e que isso, em si, não representava nada.
— que lembrou aos promotores que a Globo tinha utilizado, ao longo dos últimos meses, o tempo equivalente a várias partidas de futebol para atacá-lo.
— que ele gostaria de ser atropelado por um ônibus se mentiu para seus apoiadores.
— que está pronto para ser mais uma vez candidato a presidente da República — e “provar” de novo que um metalúrgico com quarto ano primário é capaz de dar jeito no Brasil.
Veja abaixo a íntegra discurso do ex-presidente, trecho da fala do senador Lindbergh Farias e a entrevista dos advogados de Lula depois do depoimento:

Nenhum comentário:

Postar um comentário