sexta-feira, 30 de junho de 2017

Metroviários de SP aderem ao dia de mobilizações contra as reformas, mas não entram em greve

Jornalistas Livres
11 hSão Paulo
[]
Em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (29) os metroviários decidiram não aderir à greve nesta sexta-feira (30).
Mesmo sem a paralisação, a categoria definiu por unanimidade a continuidade das lutas contra as reformas da previdência e trabalhista do governo golpista de Michel Temer; e contra os ataques do governo Alckmin, a privatização e a terceirização.
Nesta sexta-feira, Dia Nacional de Mobilizações Contra as Reformas e pelas Diretas Já, os metroviários de São Paulo trabalharão com adesivos de apoio à greve, distribuirão carta aberta contra as reformas e participarão do ato às 11h na SRTE - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego; e 16h no vão livre do MASP.
Larissa Gould, especial para os Jornalistas Livres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário