sábado, 8 de julho de 2017

100 anos da Greve Geral de 1917: A voz do Trabalhador jornal da primeira central sindical brasileira






































Em 1906 houve uma série de greve dos Trabalhadores e o fruto desta luta foi o surgimento da primeira central sindical brasileira: a COB (CONFEDERAÇÃO OPERÁRIA BRASILEIRA).Apoiada especialmente na Federação Operária do Rio de Janeiro (FORJ), mas com a colaboração da Federação Operária de São Paulo (FOSP), Federação Operária do Rio Grande do Sul (FORGS) Federação Socialista Baiana e na Federação de Santos, e de outras organizações do país.
Nos 71 números de seu jornal A Voz do Trabalhador, publicados entre 1908 a 1909 e depois entre 1913 e 1915 representou um enorme avanço para o Trabalhador.O movimento unia anarquistas, socialistas revolucionários e outros grupos de esquerda da época.
O primeiro numero deste jornal  datado de 1 de julho de 1908, abordava  a luta pela paz,  a organização dos trabalhadores.seca do nordeste , a exploração nas fábricas.e a defesa da jornada de 8 horas de trabalho.
Tudo foi conquistado, nada foi dado, com muita luta e resistência dos trabalhadores.
Na semana que se comemora cem anos da greve geral vale lembrar a voz de uma geração que lutou pelos direitos que temos hoje. Lembrar e recordar é uma forma importante de manter acessa a luta pelos direitos mínimos do povo para não sermos reduzidos a condição de escravos, como ocorreu no inicio do século passado, com  muitos imigrantes italianos, espanhóis e de outras  nacionalidades.

Hoje, o governo impostor quer nos tornar escravos e não para de querer tirar direitos. O "deus" mercado, que não tem rosto nem coração, exige  o fim do pouco que temos e mais do que nunca devemos lembrar daqueles que deram suas vidas, foram perseguidos, expulsos do país para termos os poucos direitos que temos hoje.



Nenhum comentário:

Postar um comentário