sábado, 22 de julho de 2017

APESR/SIPROEM.:Nota de esclarecimento


APESR/SIPROEM
6 hSão Paulo
Nota de esclarecimento
No contexto político atual, o SIPROEM vem incansavelmente lutando para preservar os DIREITOS DOS PROFESSORES, somando na luta nacional, com "Instituições Íntegras" que realmente se colocam engajados para preservar os direitos dos trabalhadores.
Nunca visamos lucros.
Nunca fomos omissos com àqueles que confiam em nós.
Sempre prezamos pela lisura e transparência e nada, condição adversa alguma nos faz mudar a postura.
Fomos surpreendidos com um processo movido pelo "Sindicato dos Servidores" que alega ser representante legítimo dos professores.
Perguntamos à categoria:
será que houve participação do mesmo nas discussões educacionais dos últimos anos?
Será que sabem as especificidades da categoria do magistério?
O que é a Lei 11.738/08 que tanto lutamos para aplicar?
O que é a Lei 15.830/15?
A Lei 4442/2015?
PME? CNE? LDBEN?
Enfim, se ficarmos elencando as pautas de nossas lutas, não haveria espaço para concluir.
E a surpresa maior é que o juiz do trabalho da vara de São Roque, não julgou com os acertos costumeiros, equivocadamente não reconheceu a Carta Sindical expedida pelo Ministério do Trabalho e Emprego que reconhece a Categoria do Magistério como diferenciada, pois sua sentença afirma não ter havido Assembleia de fundação.
Mas este seria requesito primordial para obter a carta sindical apresentada no processo.
É como se você apresentasse o RG, mas não apresentasse a certidão de nascimento, requesito para ter seu RG.
O artigo 8 da Constituição Federal remete ao princípio da unicidade sindical; ora, se a República brasileira reconhece a diferença da Educação com repasses específicos do FUNDEB, onde não somos categoria diferenciada?
Temos receita própria, temos legislação própria e acima de tudo temos DIGNIDADE de vir de cabeça erguida mostrar a nossa luta.
Não nos omitimos e estamos aqui com a certeza que com o recurso interposto, essa condição será modificada.
Confiamos em Deus e na justiça que pode tardar, mas não falhar.
Com o recurso interpelado "CONTINUAMOS FAZENDO NOSSO TRABALHO DE CABEÇA ERGUIDA, REPRESENTANDO A CATEGORIA DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO."
Somos dignos, somos transparentes, LUTAMOS por nosso ideal: EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL.
O SIPROEM não se omite!!
Continuamos cumprindo com toda nossa agenda de trabalho, atendendo cada um de vocês que nos procura.
E até que sejam esgotados todos os meios judiciais e tenhamos uma decisão final CONTINUAMOS REPRESENTANDO àqueles que confiam em nosso trabalho.
Temos 1700 associados, quase 500 na região.
Por eles e por cada um de vocês que confiam em nós, junto à APESR ( Associação dos Profissionais da Educação de São Roque), que não só é nossa parceira, como também vêm desempenhando junto a nós um importante papel na construção da educação sanroquense.
Att.
Diretoria SIPROEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário