quarta-feira, 19 de julho de 2017

Artur Araújo: QUINTA COLUNA EM DOSE DUPLA

QUINTA COLUNA EM DOSE DUPLA
Já tendo praticado o crime de eliminar as exigências de conteúdo nacional para contratos futuros no setor de petróleo&gás, o rentismo avança para trás.
A Agência Nacional de Petróleo planeja retroagir, dando licença para quem assinou os "sagrados contratos" - essa "garantia de segurança jurídica" como tanto enchem a boca para tentar nos convencer - para simplesmente não os cumprir.
Destróem o futuro e ainda não se contentam. Querem também nos arrancar, no presente, o passado.
"Reduzidos os índices de conteúdo local das rodadas deste ano, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) pretende flexibilizar também a exigência de nacionalização de bens e serviços prevista em contratos vigentes, assinados desde 2005. A medida, válida para concessões, áreas da cessão onerosa e para o campo de Libra, na Bacia de Santos, faz parte do processo de regulamentação do "waiver" (pedido de perdão pelo não cumprimento dos índices de conteúdo local), pleito antigo das petroleiras."
19/07/2017 às 05h00

ANP propõe flexibilizar conteúdo local para os contratos já em vigor

Por André Ramalho | Do Rio
Reduzidos os índices de conteúdo local das rodadas deste ano, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) pretende flexibilizar também a exigência de nacionalização de bens e serviços prevista em contratos vigentes, assinados desde 2005. A medida, válida para concessões, áreas da cessão onerosa e para o campo de Libra, na Bacia de Santos, faz parte do processo de regulamentação do "waiver" (pedido de perdão pelo não cumprimento dos índices de conteúdo local), pleito antigo das petroleiras.
http://amp.valor.com.br/brasil/5044238/anp-propoe-flexibilizar-conteudo-local-para-os-contratos-ja-em-vigor

Nenhum comentário:

Postar um comentário