sábado, 22 de julho de 2017

O compadrio entre o Governo e a justiça, em São Paulo

judd
Como me referi em post anterior, a jornalista Maria Cristina Fernandes, do Valor, fez ontem uma apresentação na CBN de alguns dos elementos contidos na tese de doutorado de Luciana Zaffalon, na Fundação Getúlio Vargas (íntegra disponível aqui).
Nela, além de repassar dos dados salariais que já abordei aqui, Maria Cristina trata das relações de compadrio do sistema judicial paulista e o Governo do Estado e a Assembléia Legislativa.
O que, pelo andar – ou o não-andar, melhor dizendo – da carruagem das investigações sobre as acusações de corrupção nos governos tucanos em São Paulo, mostra que, aparentemente, gratidão não falta na Justiça paulista.
  •  
  •  

Nenhum comentário:

Postar um comentário