quarta-feira, 5 de julho de 2017

TEMER FAZ CHOVER NA HORTA DE ALIADO$

Jornalistas Livres
Publicado por Aloísio Morais2 h

O usurpador Michel Temer abriu os cofres em junho e vai gastar R$ 4,2 bilhões em emendas, com o objetivo de agradar os parlamentares aliados e se garantir no cargo conquistado com um golpe. O golpista precisa assegurar o apoio de 171 dos 513 deputados para se manter no poder, diante da denúncia de corrupção passiva feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Para se ter uma ideia, poucos dias antes da divulgação da delação queacusou Temer, feita por executivos da JBS, em 9 de maio, a liberação acumulada de recursos das emendas no ano era de R$ 531,5 milhões. Agora o usurpador resolveu abrir as torneiras. Mera coincidência?
Entre os maiores beneficiados com as liberações estão o senador Aécio Neves (PSDB-MG) com R$ 18,4 milhões, e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com R$ 18,5 milhões. Aécio tem um pedido de prisão não julgado pelo STF e trabalha para manter o PSDB na base de Temer. Já o agrado a Bolsonaro se deve ao fato de o parlamentar carioca ter grande influência nas redes sociais, onde vem se omitindo sobre os escândalos de Temer.
As chamadas emendas parlamentares são recursos destinados a deputados e senadores para que possam viabilizar obras e benfeitorias em seus redutos eleitorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário