sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Nota da Prefeitura da Estância Turística de São Roque Interdição do Parque de Diversões

Guto Issa com Guto Issa II.
15 h
Cancelado o alvará do Parquinho da Festa de Agosto
Hoje, o Corpo de Bombeiros cancelou o Alvará provisório do Parque de Diversões, instalado no Largo dos Mendes. Após nova vistoria nesta tarde, foram constatadas as irregularidades que vínhamos apontando. Portanto, está cancelada a operação do Parquinho. Atuei duramente nas últimas semanas, alertando às autoridades competentes sobre os possíveis riscos de acidentes, devido ao estado de conservação de alguns brinquedos. Não se brinca com a segurança de uma criança. Qualquer acidente que por ventura viesse a ocorrer, seria uma tragédia irreparável para São Roque. Missão cumprida.
Vereador Guto Issa
foto
04/08/2017 às 17:39:00
› Nota da Prefeitura da Estância Turística de São Roque Interdição do Parque de Diversões
A Prefeitura da Estância Turística de São Roque, vem a público comunicar que cassou o Alvara de Funcionamento do Parque de Diversões instalado no Largo dos Mendes e interditou o estabelecimento nos termos da legislação vigente.
O Alvara de funcionamento havia sido concedido, pois em vistoria anterior o Corpo de Bombeiros, tinha emitido um AVCB (Alvara de Vistoria do Corpo de Bombeiros) provisório, válido até 03/08.
Como a partir de hoje 04/08, todas as barracas que compõem o complexo das Festas de Agosto passam a funcionar, uma nova vistoria foi realizada para a concessão do documento definitivo. Nesta verificação, os técnicos do Corpo de Bombeiros responsáveis pela emissão do Alvará, encontraram uma série de irregularidades que colocam risco as pessoas que se utilizam daqueles brinquedos e o AVCB foi negado pela corporação.
Como este documento é um dos principais requisitos para a concessão do Alvara de Funcionamento emitido pela prefeitura, a Administração cassou a Autorização de Funcionamento e interditou o Parque de Diversões.
A Prefeitura da Estância Turística de São Roque reitera seu compromisso com a legalidade e principalmente com a segurança da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário