terça-feira, 11 de julho de 2017

CVM incenta Graça e Gabrielli em capitalização da Petrobras

ABSOL
Da Reuters, com meus grifos:
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) absolveu por unanimidade a Petrobras, assim como os ex-presidentes José Sergio Gabrielli e Maria das Graças Foster, em julgamento sobre possíveis irregularidades em informações envolvendo a capitalização da empresa, em 2010.
O julgamento tratou de informações fornecidas pela Petrobras à época da capitalização, que não se confirmaram posteriormente.
O diretor da CVM e relator do caso, Pablo Renteria, afirmou em seu voto, dentre outras questões, que a interpretação adotada pela companhia à época da capitalização “era razoável e fundamentada, contando com devido respaldo jurídico”.
RenterÍa não fala sem domínio do tema. É doutor em direito civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, professor da PUC Rio, da Fundação Getúlio Vargas e autor ou co-autor de uma dúzia de livros de direito, especialmente o Comercial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário